Cirurgia Plástica: Lipoaspiração de Culotes elimina a gordura localizada Cirurgia Plástica: Lipoaspiração de Culotes elimina a gordura localizada
Artigos Relacionados Entre todos os procedimentos da cirurgia plástica, a lipoaspiração é um dos mais populares entre os brasileiros. O objetivo da lipoaspiração é,... Cirurgia Plástica: Lipoaspiração de Culotes elimina a gordura localizada

Entre todos os procedimentos da cirurgia plástica, a lipoaspiração é um dos mais populares entre os brasileiros. O objetivo da lipoaspiração é, basicamente, eliminar a gordura localizada.

A lipoaspiração pode ser realizada nas áreas do corpo em que há o acúmulo dos reservatórios de gordura, como as coxas, glúteos, braços, abdome e culote.

A indicação da lipoaspiração é eliminar a gordura localizada. Diferente do que diz o senso comum, a lipoaspiração não é recomendada para grandes emagrecimentos, mas sim para a retirada de gordura em excesso – até mesmo em pessoas magras. A gordura localizada fica em reservatórios separados do resto dos líquidos do corpo: ela se deposita dentro das células adiposas, que são sugadas pelas cânulas da lipoaspiração.

Estes reservatórios podem alterar o formato do contorno corporal, gerando a impressão de excesso de peso. Por este motivo, um paciente apesar de magro pode ter depósitos de gordura em excesso em determinadas partes do corpo.

Para explicar melhor, falemos em números: hipoteticamente, se uma paciente possui 100 células gordurosas na coxa e 1000 células gordurosas no culote, caso ela engorde 1g para cada célula, a coxa irá aumentar 100g e o culote 1kg. Desta maneira, o médico deve retirar as células em excesso para que as partes fiquem equilibradas.

O pré-operatório do procedimento consiste na realização de todos os exames laboratoriais prescritos pelo médico, na suspensão de medicamentos anticoagulantes – como o ácido acetilsalicílico – e em ter cigarro e bebidas alcoólicas evitados nos dias anteriores à cirurgia. Além disso, deve ser realizado jejum absoluto de sólidos e líquidos nas oito horas que antecedem o procedimento. Em caso de gripe ou mal estar, o médico deve ser avisado.

Especificações

Anestesia: peridural ou geral.
Duração da cirurgia:cerca de duas horas.
Tempo de internação:24 horas.
Pré-operatório: realização de exames laboratoriais e suspensão do uso de medicamentos como, por exemplo, anticoagulantes.
Pós-operatório:uso de curativo e malha compressora.
Tempo de recuperação:repouso absoluto nos primeiros dias após a cirurgia.
As atividades normais podem ser retomadas entre uma semana e dez dias.

Fonte: Web Luxo

Comentários: